Paeloris



Paeloris, que em latim significa mexilhão, foi o nome escolhido pelo projeto apresentado pela UTAD - Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, que é coordenado pela Professora Doutora Simone Varandas.

As lagoas costeiras: Barrinha de Mira, Lagoa de Mira, Lagoa da Vela e Lagoa das Braças, que se localizam no Litoral Centro de Portugal são zonas húmidas de grande produtividade e riqueza natural, estando integradas no sítio rede natura 2000: Dunas de Mira, Gândara e Gafanhas.

As comunidades de bivalves locais, também designados náiades ou mexilhões de água-doce, são elementos integrantes daqueles ecossistemas húmidos e têm uma grande importância funcional e ecológica. Outrora abundantes nos ecossistemas aquáticos, são atualmente um dos grupos de organismos mais ameaçados e em risco de extinção.

Com o desenvolvimento do projeto PAELORIS serão caracterizadas e quantificadas as espécies nativas de bivalves de água doce, no sentido de colmatar uma lacuna no que se refere ao conhecimento destas espécies nestes sistemas lagunares, contribuindo assim para um maior conhecimento, proteção e preservação destes ecossistemas.

Guia do projeto PAELORIS | vencedor da 2ª edição do InAqua Relatório do projeto Paeloris de abril de 2014 | vencedor da 2ª edição do InAqua

ESCOLHA MUDAR
COMPRA SUSTENTÁVEL

#SeaTheFuture