Programas de reprodução

Oceanário de Lisboa | Programas de reprodução EAZA

O Oceanário de Lisboa participa em programas de reprodução de espécies marinhas da EAZA – Associação Europeia de Zoos e Aquários. Estes programas têm como objetivo a gestão de populações de espécies em aquários públicos europeus.

Uma das dificuldades na gestão de populações de espécies aquáticas prende-se com a informação sobre a genética dos indivíduos como, por exemplo, a confirmação da paternidade dos indivíduos que nascem em ambiente controlado como nos aquários públicos, a origem dos fundadores da população, o seu grau de parentesco e a confirmação de que todos os indivíduos da população pertencem à mesma espécie.

O Oceanário de Lisboa dedica-se à conservação ex situ ao participar em diversos projetos de conservação a nível europeu. É responsável pelo programa de reprodução da espécie Taeniura lymma (uge-de-pintas-azuis) e coordenador do programa europeu de monitorização da população europeia de Sphyrna lewini (tubarão-martelo). O Oceanário participa, também, em programas de reprodução de dez espécies, entre tubarões, cavalos-marinhos e aves marinhas como os pinguins-de-Magalhães.

ESCOLHA MUDAR
COMPRA SUSTENTÁVEL

#SeaTheFuture