Voltar

Pinguim-de-Magalhães

Biologia

O pinguim-de-Magalhães vive no mar, na zona costeira, onde acompanha a migração do seu alimento de eleição: a anchova. Na época de reprodução, de setembro a abril, dirige-se a terra para nidificar. Quando forma um casal, que é mantido para a vida, põe dois ovos que, ao contrário de outros pinguins, são ambos incubados pelos progenitores. Faz ninhos em buracos forrados com penas e paus, que protegem os pintos do vento e chuva fria.

Conservação

Face às ameaças que esta espécie de pinguim enfrenta, a Sociedade para a Conservação da Vida Selvagem e outras organizações ambientais, puseram em prática ações como a proteção dos principais locais de reprodução e nidificação, a monitorização das populações de pinguins e ainda, com a província de Chubut, na Argentina, a alteração das rotas dos navios petroleiros.

Curiosidades

Na época de acasalamento, se o pinguim-de-Magalhães macho ainda não tiver uma parceira, faz um chamamento semelhante ao zurro de um burro para atrair as fêmeas solteiras. No entanto, estas vocalizações também podem ser utilizadas em comportamentos de defesa do território.

ESCOLHA MUDAR
COMPRA SUSTENTÁVEL

#SeaTheFuture