Voltar

Capredux | Redução das capturas acidentais de aves marinhas



A maior Zona de Proteção Especial Marinha em Portugal Continental (ZPE Aveiro/Nazaré), recentemente designada no âmbito do projeto LIFE+ MarPro, é primariamente dedicada à conservação da pardela-balear, a ave marinha mais ameaçada da Europa. Sendo uma das espécies mais afetadas por captura acidental, a pardela-balear apresenta uma mortalidade significativa em várias artes de pesca. Neste contexto, o projeto “Capredux – Redução das Capturas Acidentais de Aves Marinhas na Zona de Proteção Especial Aveiro-Nazaré” pretende monitorizar a captura acidental de aves marinhas e implementar medidas de redução de capturas acidentais na nova ZPE Aveiro/Nazaré que resultem na redução da mortalidade desta espécie e de outras aves marinhas com ocorrência na costa continental portuguesa como por exemplo a cagarra, o alcatraz e a negrola, que também utilizam esta ZPE como zona de alimentação e repouso. Será monitorizada a frota de cerco e polivalente com observadores a bordo, log-books de declaração voluntária, sistemas eletrónicos de monitorização e inquéritos aos mestres de embarcações. Simultaneamente, será ensaiada a eficácia do uso de dispositivos (acústicos e óticos) para o afastamento de aves durante as operações de pesca.

Este projeto representa uma abordagem cooperativa com o setor das pescas por dois anos e contribuirá para a redução do risco de captura acidental e mortalidade de aves marinhas na ZPE Aveiro/Nazaré.


Veja o vídeo de gansos-patola em interação com artes de pesca


ESCOLHA MUDAR
COMPRA SUSTENTÁVEL

#SeaTheFuture